24/abr/2020
AUXÍLIOS ÓPTICOS E NÃO ÓPTICOS
Auxílios ópticos e não ópticos para pessoas com baixa visão e cegueira.
Conforme preconizado pelo Ministério da Saúde - MS, as ações de reabilitação devem ter uma abordagem multiprofissional e interdisciplinar, de modo a garantir tanto a sua qualidade quanto o princípio da integralidade.
Deve ser garantido o direito dos deficientes visuais a oportunidades idênticas às dos demais cidadãos principalmente com relação às melhorias nas condições de vida resultantes do desenvolvimento econômico, bem como à preservação da autonomia destas pessoas. 

Em muitos casos, o processo completo de reabilitação do indivíduo passa pelo uso de lupas, sistemas telescópicos, bengalas e outros acessórios.
Com o início das atividades do Centro de Reabilitação - CER, este passou a ser o órgão prescritor e dispensador destes auxílios para a região atendida pelo HC.


* COMO CONSEGUIR ATENDIMENTO

O paciente deve procurar pela Unidade Básica de Saúde - UBS, mais perto de sua residência. Lá ele passará por uma avaliação clínica e, se necessário a utilização de OPM´s (órteses, próteses e materiais especiais), será encaminhado via sistema informatizado para atendimento no Centro de Reabilitação - CER.