09/abr/2014
O QUE SÃO?
O que são órtese, próteses e meio auxiliares de locomoção?
As órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção, conhecidas como OPM´S, são os equipamentos que podem ser usados pelas pessoas com deficiência para ajudar na movimentação. São habitualmente conhecidas como "aparelhos ortopédicos" ou "equipamentos ortopédicos", mas podem ser usados por pessoas com várias doenças além dos problemas ortopédicos. São eles:

Órteses: são importantes recursos terapêuticos que auxiliam na reabilitação, agindo como um reorganizador funcional, com objetivo de repouso, imobilização, proteção, propriocepção e correção.

Próteses: componente artificial que tem por finalidade suprir necessidades e funções de indivíduos sequelados por amputações. Aparelho que substitui uma função natural do corpo, permitindo um trabalho mais amplo da equipe de reabilitação. 

Adequação postural: avaliação, indicação e confecção de recursos que buscam melhorar a postura do paciente, consequentemente sua funcionalidade. No tocante a postura sentada fará a indicação de assentos e encostos, bem como acessórios que atenderão as necessidades de ajustes e estabilização posturais do usuário.

O CER é um dos centros autorizados pela Secretaria de Estado da Saúde para avaliar os pacientes que precisam desses aparelhos e identificar a melhor alternativa para cada pessoa, considerando aquilo que o SUS oferece. Para saber como obter um desses equipamentos no CER, clique aqui.

Não basta receber o equipamento adequado para o seu problema. O paciente e as pessoas que estiverem envolvidas com seus cuidados devem saber como colocar, tirar, usar, limpar e manter esses equipamentos, para que não desgastem muito rápido e para que elas consigam o melhor aproveitamento do equipamento. Às vezes, pode ser necessário fazer um treino para usar o equipamento da forma mais eficaz, se isso for percebido, o paciente pode ser treinando no CER ou num serviço próximo a sua casa, de acordo com as informações que forem passadas pela equipe multiprofissional do CER.

Como qualquer outra coisa, esses equipamentos podem quebrar com o tempo, ou ficar apertados se o paciente engordar, por exemplo. Nesse caso, é importante que o paciente procure o sistema de saúde para que o mesmo seja trocado.